Apresentação

O Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal de São Carlos foi criado em 1976.

Em 1980, época em que começaram a estruturar-se as atividades de pesquisa no nosso Departamento,iniciou-se as atividades para a criação de um Laboratório de Catálise.

A infra-estrutura para início das atividades em catálise foi conquistada paulatinamente, pelo esforço e dedicação de seis docentes: três recém Doutores, sem experiência anterior em atividades de pesquisa em catálise, e três docentes que começariam seus Mestrados em catálise no laboratório a ser criado.

Outros fatores contribuíram para o rápido crescimento do Laboratório de Catálise. Por um lado, a criação do Mestrado em Engenharia na UFSCar em 1982, permitiu a incorporação de alunos de Pós-Graduação em atividades de pesquisa na área, até então restritas aos de Iniciação Científica. Por outro, nesse mesmo ano, foi instituído o "Programa Nacional de Catálise" (Pronac) o qual, com recursos financeiros da FINEP, concedeu por um período de oito anos a infra-estrutura mínima para vários grupos acadêmicos atuarem em catálise no nosso país.

Em 1982 formou-se o primeiro Mestre em Engenharia Química com trabalho realizado no Laboratório de Catálise, e, em 1983, os participantes do publicaram seus primeiros resultados: dois trabalhos apresentados no "2o Seminário de Catálise" (atualmente denominado Congresso Brasileiro de Catálise) e dois publicados na "Revista Brasileira de Engenharia Química".

Em 1986 formou-se o primeiro Doutor em Engenharia Química, com trabalho realizado no Laboratório de Catálise.

A consolidação das atividades de pesquisa do Laboratório pode ser exemplificada em vários aspectos: até 2004 foram formados um total de 45 Mestres, 13 Doutores e foram realizados estágios de 6 Pós-Doutorandos. O Laboratório de Catálise colabora com vários grupos no Brasil e no exterior, especialmente França, Espanha e Venezuela e manteve convênios com diversas empresas da indústria química.

Em 1998 o Laboratório foi classificado no PRONEX (Programa de Apoio aos Núcleos de Excelência) do Ministério de Ciência e Tecnologia como um dos Núcleos de Excelência em Pesquisa no nosso país.

Em 2004, o Laboratório foi credenciado pela Petrobrás, para receber seus pesquisadores e Engenheiros, visando a conceder-lhes o título de Mestres e Doutores, no Programa de Capacitação daquela empresa.

Membros
Laboratórios
Contato
Linhas de Pesquisa

Nenhuma Linha de Pesquisa Cadastrada

Postagens da Área

Nenhuma Postagem Publicada